quinta-feira, abril 10, 2008

Procura-se

- Procura-se -
*
Procura-se,
Se vivo ainda for
O amor inocente
A carícia sem pretensão.
A paixão, o calor.
Procura-se,
Se existente ainda for
O beijo que desnuda
O toque que aguça.
O desejo, o ardor.
Procura-se,
Se meu ainda for
Você que se foi
E nem pistas deixou.
Meu tesão, meu amor.
Procura-se,
Vivo
Ou vivo.
*
*
Glória - 10/04/2008

0 comentários: