domingo, maio 11, 2008

Mãe

- Mãe -
*

Das duas mães que tive, uma morreu quando me abandonou. A outra ainda vive no meu coração, embora já tenha partido.

Da mãe que optou por morrer eu nada sei, nada quero saber. Da mãe que me acalentou sinto muita saudade e agradecimento.

A maravilhosa mãe que me escolheu partiu muito cedo e tinha por mim um amor incondicional. A mãe que me abandonou, optou por morrer.

No Dia das Mães, eu só queria ter uma ao meu lado: não a que me pariu, mas a que me deu a vida. Eu só queria a mãe que me escolheu.

*
*
Glória - 11/05/2008

0 comentários: