sábado, julho 05, 2008

Melodia

- Melodia -
*
Quero teu cheiro de macho
Invadindo meu quarto
Impregnando meus lençóis
Penetrando em minha pele.
Quero tua indecencia
Tua falta de inocência,
Teu despudor escancarado
Quando me tomas como mulher.
Quero não saber onde começo
Nem onde terminas
Só quero que seja contínuo
E inesgotável.
Somos dois instrumentos
Produzindo os mesmos sons
Sou ritmo
És cadencia
Somos melodia de amor.
*
Glória - 05/07/2008

0 comentários: