quarta-feira, maio 27, 2009

Lord Negro

- Lord Negro -
*
A voz macia e pausada
Lentamente invade meus sentidos
E me transporta para outras dimensões
Como se bailasse dentro dos meus ouvidos.

Seus olhos negros me fitam
Sinceros, profundos
Desnudam a minha alma
E penetram nos meus sonhos.

Delicado e másculo
Sensível e forte
Doce e viril
Suave e intenso...

Ah, meu lord negro!
Saudade dos beijos que nunca tive,
Do ato de amor nunca consumado,
Do excitante contraste
Entre ébano e marfim...

0 comentários: